Make your own free website on Tripod.com
MÚSICA
As famílias cultivavam a música onde um ou mais membros tocavam instrumentos diversos nos saraus. Na década de 50 a prefeitura contratou Isac Karabchevisk para dar um curso de Canto Coral na cidade.

Dentre os corais destacamos: Vozes dos Profetas, atualmente presidido por Antônio Maria Reis, filho de Aristides de Paula Reis, grande músico e compositor da nossa terra; SFIMIP, grupo de seresta e canto coral de grande relevância no contexto cultural; Coral Condoms ligado ao grupo de teatro TEDOMS; também tivemos os grupos musicais Umuarama e Os Escaravelhos (do qual participou o cantor Vando). Os 4 grupos citados hoje estão desativados.

risco.gif (485 bytes)

Festivais da Canção

A princípio independentes e realizados no Cine Leon pelo seu administrador José Gerônimo (Inguiça). Em 80 a prefeitura compra a idéia e passa a promovê-los no Parque da Cachoeira, reunindo milhares de pessoas no evento sem igual, que deixa saudades até hoje. Deste evento surgiram vários cantores e compositores que até hoje trabalham pela música: Gil da Mata, Mirna Geronimo, Nilo Sérgio, Grupo Força e outros.

Marcos ViniciusTambém é de Congonhas  o talentoso violonista Marcos Vinicius, considerado um dos melhores do mundo. Atualmente morando no exterior, ele toca violão clássico e seu ultimo concerto na cidade foi há dois anos. Você pode encontrar CD's do artista nas melhores casas do ramo.

risco.gif (485 bytes)

grupo.gif (13377 bytes) Congonhas conta com o talento do Grupo Força. Formado por William Barbosa, Wilson Barbosa, Zezinho Freitas, Karlão, Nilson Cordeiro, o grupo gravou recentemente seu primeiro CD, Moldura. A maioria das músicas são regravações do primeiro LP, como os sucessos regionais Moldura, Água de Cântaro e Vadio.

Visitando Congonhas, procure adquirir o CD. É garantia de boa música mineira.

risco.gif (485 bytes)

Vozes privilegiadas

Gorethe CordeiroGoreth Cordeiro, advogada, filha de uma das famílias mais tradicionais da cidade, tem em seu repertório muito pop rock. Seu estilo lembra Rita Lee. Já participou e se destacou no Festival da Canção.

Andrea Cordeiro, a Fifi, uma das melhores vozes da cidade, encanta com sua voz, violão e um repertório de fazer inveja. Participa de peças de teatro, sendo figura atuante no setor cultural de Congonhas.

Deise Moreira

Deise Moreira agita há muitos anos no campo musical e cultural da cidade. Cantando pelo "bares da vida", já fez sucesso em Porto Seguro e Belo Horizonte. Hoje em Congonhas, é proprietária do Arco da Véia, onde pode ser ouvida nos fins de semana. Em seu repertório, além de muita MPB, ainda podemos ouvir Whitney Houston, Celine Dion, Edith Piaf e composições próprias. Só falta gravar um disco. :-)

 

risco.gif (485 bytes)

Contamos ainda com: Coral da FUMCULT, regido por José Herculano (Ticula); Coral São Geraldo; Banda da Corporação Bom Jesus; Os conjuntos de rock: Mig 28, Estado Crítico, Banda Calípso, Banda Acos. Os grupos de Pagode: Garotos da Vila e Loucos do Samba e a Banda do Bolinha.

risco.gif (485 bytes)