Make your own free website on Tripod.com
CONGONHAS NA IMPRENSA

boneco.gif (3320 bytes)

Colabore para essa seção enviando notícias e reportagens de jornais e revistas, novas ou antigas. Você pode mandar por e-mail ou pelo correio comum (É só pedir que eu mando o endereço). Serve cópia ou original.

ESTADO DE MINAS
Colaboração: Jean Carlo Mendes - Conselheiro Lafaiete

estaminas.jpg (24630 bytes)

risco.gif (452 bytes)

Projeto Ideas retoma trabalhos

Brasil e Alemanha estudam monumentos de pedra em Minas

Minas Gerais - 03/12/97 - (Colaboração: Tarcísio Martins) - O Projeto Ideas (Investigations into Devices Against Environemental Attack of Stones) está sendo retomado em Minas e Alemanha, com vistas a estudar e identificar os mecanismos e procedimentos de conservação e restauração de monumentos em pedra. Serão investidos R$ 300 mil no Brasil e R$ 150 mil na Alemanha, financiados pela Fundação de Amparo à Pesquisa de Minas Gerais (Fapemig). Os trabalhos vão durar dois anos. O projeto é resultado de parceria entre o Centro Tecnológico de Minas Gerais (Cetec), Iepha, Iphan e UFMG, em convênio com o governo alemão. Estão envolvidos universidades e institutos de pesquisa daquele país. Iniciado em 1990, em 1993 foram instaladas mesas de teste para os diversos tipos de pedra utilizados nas estruturas e decoração dos monumentos, em especial pedra sabão, quartzito e arenito. Os técnicos alemães e brasileiros pretendem analisar o ataque ambiental proveniente da poluição atmosférica, de intemperismo e do ataque de agentes biológicos, como fungos e líquens, e propor formas de proteção, conservação e restauração. Problemas com a porta da Igreja de São Francisco de Assis de Ouro Preto, dos guarda-corpos e da estrutura de Nossa Senhora Mãe dos Homens, do Caraça, dos Profetas de Aleijadinho em Congonhas e da Catedral de Aachen, na Alemanha, estão no foco dos pesquisadores.

Mármore

No caso de Belo Horizonte, por exemplo, onde as esculturas em mármore são alvo freqüente de pichações, recebem grande carga de poluição de veículos e vêm mostrando perdas de contornos e formas, o projeto se mostra de maior interesse.

Infelizmente Congonhas ainda não tem um jornal, mas o Jornal Correio da Cidade, de Conselheiro Lafaiete, de vez em quando traz alguma notícia da cidade. Visite.